domingo, 10 de julho de 2011

As voltas que a vida dá.

Encontraram-se e pouco depois se perderam. Em meio a essas voltas que a vida dá, encontraram-se novamente. Depois de tanto tempo ... outra vez o sorriso, a troca de olhar, o toque e o beijo. Outra vez os carinhos e o jeito bobo de um implicar com o outro. A cumplicidade de sempre e a leveza que não havia tido antes. A perfeição que não poderia deixar de ser. Pois bem, cabe ao destino; cabe a eles ... perderem-se novamente, ou ficarem juntos como há muito deveriam estar!